8 de dez de 2011

mentiras sinceras

Ele perguntou se eu poderia ouvir sobre outra mulher.
É claro que posso (eu disse)
É claro que não posso (eu queria ter dito).
Apesar da nossa super amizade, aquelas noites de risadas, beijos e abraços ficaram bem guardadas.
Talvez você tenha razão ao dizer que o nosso relógio um dia vai bater na mesma direção.
Mas por hora, estou aqui... te ouvindo.
Enquanto você, do outro lado da linha, também me ouve e ri alto quando eu conto algum "bafo".
O que eu disse (e acabei denegrindo a imagem feminina) foi: "elas são todas iguais".
O que eu queria ter dito era: "mas que mulher burra, que não sabe o homem lindo que perdeu".
No fundo, você consegue entender todas as minhas frases ditas e não ditas.
No fundo, você sabe que eu te amo.
Forever and ever

Um comentário:

El Bode disse...

pensei que só acontecia comigo.