6 de mai de 2009

tchau amargo mundo.

Ela nunca teve pressa, mas não gostava de esperar.
Corria atrás do que para ela, seria necessário.
Todos pediam calma, mas a palavra não existia no dicionário.
Tão pequena e pura de sentimentos, ela deslizava.
Caia, tropeçava e continuava a fantasiar.
Pra ela, o mundo da Alice ainda existia.

Quedas e mais quedas a machucaram por dentro,
mas sua face permanecera escondida.
Nada de escândalos.
Tudo era uma questão de tempo. Ou não era mais?
As dores estavam reveladas na alma, mas a fisionomia era a mesma.
Como adivinhar um sofrimento?

Então ela andou, andou a noite, sem pensar nas horas e nos minutos.
Tornou-se alguém especial.
Conheceu seus valores e viu as luzes se acenderem ainda mais vivas.
O tempo era aquele. O dia estava amanhecendo.
Hora de ir para casa.
Uma flor amarela no vaso azul em cima da mesinha de centro era o que acalmava o coração.
Hora de dizer adeus
Aqueles sentimentos manipuladores e toda forma de expressões compulsivas.
‘Tchau”, ela disse, ao terrível mundo secreto.

Agora ela descobriu as cores, o cheiro e a poesia.

8 comentários:

Myrthes disse...

Lindo texto !
Bjo

Tainá Facó disse...

Que lindo, flor! Costumo, quase sempre, me perder e me ralar feio dentro de mim mesma, acredita? Já sentiu isso? Tão estranho.. Mas o bom é que nessas tantas perdições da vida, a gente vai encontrando mais um pouquinho da gente e construindo nossa melhor parte. Ou pior, ninguém sabe. rs

Lindo, lindo, lindo!

carol~ disse...

bem lindo...

pree disse...

enquanto isso, nossa livraria aqui, chique que só, é inaugurada sem livros, com muita festa (vide post abaixo).

Myrthes disse...

Oi Thays
Achei seus textos super legais, assim como também o modo como descreve as situaçoes.. sua leveza e simplicidade de descrever os fatos, por isso copiei algumas coisinhas...
Me add a sua seguidora para que possa também aceder meu blog... nao escondi isso e espero que nao fique chateada
Um beijo

Monique Lima disse...

Amo seu blog Thays... Parabénss...

Mariana disse...

Acredito eu que, para muitas, mesmo que seja por um curto espaço de tempo há sempre um mundo de Alice.

Aquele que encanta, impolga, arrepia...mas ainda assim não é melhor do que a realidade! Quem dera sermos feitas somente de sonhos! Quem dera se fossemos como Alice....eternamente num mundo mágico, secreto. Daquele jeito! rs

;)

Myrthes disse...

Oi Thays

Nao se preoculpe, te prometo que nao passará mais... ja nao acessarei mais.
Tentei sair dos seguidores, mais nao consegui, se voce tiver acesso para remover, tira-me.
Um beijo