26 de mar de 2009

balas coloridas!

Nas palavras eu encontro a verdade. São elas que me ensinam. Somente elas me mostram o caminho e traçam meus horizontes. É nela que encontro a sabedoria para tocar os dias. Escolhi as linhas, as palavras, as frases soltas. Escolhi por toda minha vida. Embora não fosse jornalista, talvez gostasse delas do mesmo jeito. Dessa maneira, meu mundo gira na velocidade que eu quero, da qual preciso.


.
Não sou boa em falar de amor, muito menos de expressar sentimentos. E elas, as palavras (as linhas do meu mundo) são capazes de responder por mim.
Desde pequena tive adoração por diários, guardo alguns deles nas gavetas e outros na memória. É comum eu folhear qualquer página e encontrar um mundo cor de rosa, feito de algodão doce, pipoca e chocolates. É comum eu perceber a sinceridade do amor. Mais comum ainda é saber que aquelas palavras eu mesma escrevi, algum dia. Em algum passado.
.
Chego a conclusão de que perdemos o encanto com o passar dos anos.
Ficamos adultos e o brilho nos olhos, a verdadeira paixão logo se perde.
Como é estranho esse mundo apagado, sem cores, sem brilhos.
Hoje em dia ninguém tem tempo, ninguém quer saber.
ELES NÃO, MAS EU QUERO!
.
O mundo infantil ainda vive dentro de mim. Posso não ser o principezinho, mas tenho sentimentos de Amélie Poulain. Sinto as cores. Me entrego aos desejos mais absurdos. Sei esperar pelo amor. Acredito nas pessoas. Choro de alegria. Apesar de muitas vezes desconfiar do mundo onde vivo, ainda busco sentidos para minha existencia.
Apenas por eles (meus sentidos) que ainda estou aqui. Quero guardar os mais belos sentidos e repassá-los a quem quiser.
.
Por favor, prestem mais atenção. Entendam o amor, conheçam a amizade e nunca percam o coração de uma criança. Outra coisa: continuem comendo algodão doce, balinhas coloridas e muito chocolate!
.

5 comentários:

Tainá Facó disse...

Somos tão parecidas que leio cada linha tua e me vejo grifada aí. Texto lindo, Thays. Bom saber que ainda existe gente de verdade no mundo!!!!


Um beijo!

' Josi Keller disse...

Oii
Mal incomodar, mas ja incomodando ne ? rsrs
To divulgando meu blog
Pode dar uma passadinha la ?
' Os pensamentos voam
Fiz uma historia a algum tempo atras real, com a primeira parte, agora fiz a segunda, essa falando em como ele se sentia em relação a tudo..
Pode dar um passadinha e dar opinião ?
www.josikeller.blogspot.com
Valeu..
Espero saber k tu foi la ok ?
Beijaoo

.

carol~ disse...

que linda! e viva os dias coloridos, o algodão doce e as palavras que brotam dos que são sinceros.

Mariana Camilo disse...

Thays, adorei teu blogger!

Entre tantos links acabei parando aqui, e viajei em cada texto teu.
Parabéns.. como tu disse num texto anterior (que consideras ele como um filho) de fato está cuidando bem direitinho!

Milhõees de balinhas coloridas pra você!

Anônimo disse...

Belo texto !!! Emocionante.