10 de ago de 2010

Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não. É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação. Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto (...)

Marta Medeiros

Um comentário:

Sir DarkHeart disse...

Nada que uma garrafa de tequila não possa resolver. HUIehuieheuiheuie brincadeira ¬¬'
Isso é fato. Ou melhor... talvez seja lenda. Esquecer, não sei muito bem se existe.