31 de jul de 2008

Tô tentando...


Tem dias que você não sabe o que fazer, que palavra dizer, ou qual direção seguir...
Tem dias que eu espero. Espero uma palavra amiga, um conforto, um abraço.
Espero que tenha alguém pensando em mim e preocupado em saber como estou.
É legal saber que além da sua família, tem alguém querendo conversar sobre seu dia.
E assim, eu vou tentando. Brigando com o sol e usando a peneira para tapar algumas coisas.
Essas que eu luto para não ver.
É difícil perceber que tudo está andando e você parece ter parado no tempo.
Mais difícil ainda é ver filme sozinha, se arrumar para o espelho, rir das próprias piadas e decorar a novela das oito.
Mesmo assim, eu tô tentando, como a música do Kid Abelha.





(L)

Já passou, fomos perdoados
Por todos os deuses do amor
Acabou, podemos ser claros
Como era antes, seja lá como for
Alguém tentou desesperadamente
Sentir algo decente
Sou feliz, pois já fui julgada
Daqui pra frente, tudo é meu
Então fala baixo
Fala baixo e sente
Eu vou te dar um presente
Vento novo, flores e cores
Fim do verão tropical
Novos ares, novos amores
Tudo volta ao seu estado normal
Sou feliz e trago as provas
Nos meus olhos molhados
E vejo a vida tão diferente
Eu já posso entender
A inocência do prazer
Então fala baixo
Fala baixo e sente
Eu vou te dar um presente
Cazuza

30 de jul de 2008

Visuuu

Bem amigos, vocês devem ter percebido a mudança visual do blog!
Pois é, eu devo tudo isso a minha querida, amada e idolatrada Kellen Lopes
que sempre cria uma nova carinha pra ele!!!
Eu gostei. Achei que ela combina comigo e claro, com todos que visitam!
Mais uma vez, brigadaaa Kellen!
Você é o "You" do meu "I Love" haha

O dia do poeta

Hoje, ele completaria 102 anos de vida.
O meu poeta favorito, o homem que eu gostaria de ter conhecido, a figura simples, da poesia simpes e direta...
Mário de Miranda Quintana, ou o nosso "Mário Quintana" nasceu em Alegrete - RS, no dia 30 de julho de 1906.
O homem de hábitos simples e com uma poesia cheia de suavidade conseguiu conquistar o coração do brasileiro através da sua arte, tão pura, linda e verdadeira.
Há quem diga que Quintana era quieto, sereno e de poucas palavras, mas eu acredito que ele era ríspido, irônico e um pouco orgulhoso, como ele mesmo descreveu;

"Prefiro citar a opinião dos outros sobre mim. Dizem que sou modesto. Pelo contrário, sou tão orgulhoso que nunca acho que escrevi algo à minha altura. Porque poesia é insatisfação, um anseio de auto-superação. Um poeta satisfeito não satisfaz. Dizem que sou tímido. Nada disso ! sou é caladão, instrospectivo. Não sei por que sujeitam os introvertidos a tratamentos. Só por não poderem ser chatos como os outros ?"

E para lembrar desse grande poeta que se consagrou nas ruas de Porto Alegre, deixo aqui uma das minhas poesias favoritas

BILHETE
Se tu me amas, ama-me baixinho
Não o grites de cima dos telhados
Deixa em paz os passarinhos
Deixa em paz a mim!
Se me queres, enfim,
tem de ser bem devagarinho, Amada,
que a vida é breve,
e o amor mais breve ainda...

29 de jul de 2008

Reeeeclama da vida!

Romena de 44 anos dá à luz seu 18º filho no Canadá

A pequena Abigail, que nasceu na terça passada, tem nove irmãs e oito irmãos.Pai diz que casal deixa Deus guiar suas vidas e não sabe se quer ter mais filhos

Uma imigrante romena de 44 anos deu à luz seu 18º filho na Colúmbia Britânica, no Canadá, tornando-se a mais prolífica da província em 20 anos. O orgulhoso pai Alexandru Ionce disse no sábado que sua mulher, Livia, deu à luz na terça-feira passada. Sua filha, Abigail, nasceu com cerca de 3,5 quilos. "Nós nunca planejamos quantos filhos ter. Só deiaxamos Deus guiar nossas vidas, porque nós acreditamos muito que a vida vem de Deus e essa é a razão por que nós não paramos a vida", disse Alexandru. O casal veio da Romênia para o Canadá em 1990 e agora vive em Abbotsford, na Colúmbia Britânica. Seus 17 outros filhos têm idades entre 20 meses e 23 anos.
Alexandru disse que não sabe se vai querer ter mais filhos. A família agora tem dez meninas e oito meninos. "Nós queríamos ter um menino para ficar equilibrado", ele disse. "Nós agradecemos a Deus por todos eles serem saudáveis e felizes."




Alexandru Ionce, Livia e 13 de seus 18 filhos em sua casa em Abbotsford, no Canadá

28 de jul de 2008

1º Aninho!

A festa foi ontem, mas é hoje que esse meu gordo, polaco, fofucho da minha vida completa um aninho! É incrível como uma criança pode fazer toda a diferença em uma família. É incrível como o Vinicius pode unir pessoas e compartilhar amor por todos os lados.
Essa forma simples e "pequena" de gente já ganhou o coração da família Petters, e a cada dia sentimos mais saudade - já que ele não está aqui todos os dias - .
Ontem ele teve direito a muito docinho, salgadinho, balão, pirulito e todos os mimos possíveis!
A "titia" aqui até ensinou ele a colocar os dedinhos no bolo e lamber o chantili! hehe
Então, o que eu posso desejar pro meu bebezão é apenas as melhores coisas do mundo!
Que ele cresça com muita saúde, força e paz de espírito! E que a cada ano, possamos comemorar juntos!
Feliz aniversário meu amor!

26 de jul de 2008

Better Together - Jack Johnson

Não há uma combinação de palavras que eu poderia por no verso de um cartão postal
E nenhuma música que eu poderia cantar,
mas eu posso tentar pelo seu coração
E nossos sonhos, e eles são feitos de coisas reais
Como uma caixa de sapatos com adoráveis fotos em sépia
O amor é a resposta ao menos para maioria das perguntas no meu coração
Como, por que estamos aqui?
E aonde nós vamos?
E por que é tão difícil?
Nem sempre é fácil e às vezes a vida pode ser decepcionante.
Vou te dizer uma coisa,
é sempre melhor quando estamos juntos.
É sempre melhor quando estamos juntos
Olharemos para as estrelas quando estivermos juntos
É sempre melhor quando estamos juntos
É sempre melhor quando estamos juntos
E todos estes momentos podem achar seu caminho
para meus sonhos esta noite
Mas eu sei que eles irão embora quando a luz da manhã cantar
Ou trazer novas coisas para amanhã à noite você ver
Que eles também terão ido, tantas coisas que tenho para fazer
Mas se todos estes sonhos puderem achar seu caminho em meu dia para a luz do dia
Eu terei a impressão de que eu estive entre eles
Com somente dois, só eu e você, sem muitas coisas à fazer
Ou lugares que tenhamos que ir, agora nos sentaremos sob uma mangueira
É sempre melhor quando nós estamos juntos
Nós estamos juntos em algum lugar
Bem, é sempre melhor quando estamos juntos
É sempre melhor quando estamos juntos
Eu acredito em memórias, elas parecem tão bonitas quando eu durmo
E quando eu acordo você parece tão bonita dormindo perto de mim
Mas não há tempo o suficiente
E não há nenhuma música que eu poderia cantar
E não há uma combinação de palavras que eu poderia dizer
Mas eu ainda vou te falar uma coisa
Somos melhores juntos.

25 de jul de 2008

Ps. Eu te amo.


De repente você descobre que pode ser dono de uma paixão sem limites
daquela que você ama sem saber o porque...
e é assim que a gente vive, sem os "porquês"...
Nós apenas existimos... e construimos amor por pessoas e coisas que estão a nossa volta.
As vezes me pego pensando em amores antigos, em pessoas queridas, em amigos...
Me desligo do mundo e fico com a cabeça em algum lugar, bem distante daqui.
E consigo ter a certeza de que amo, de formas diferentes das convencionais.
Amar não significa posse, nem herança, mas amar é sim hereditário.
Você pode ter construido de alguém esse teu jeito simples e sereno, mas consegue transformá-lo naquilo que quiser.
"Roda, roda, carrossel
Gira, gira, girassol
Redondinho como o céu
Marelinho como o sol".
Vinicius de Moraes

24 de jul de 2008

Cumplicidade!

Tem gente que tem cheiro de saudade e voz de aconchego
Que faz a cabeça parar por alguns instantes e te levar para aquele mundo tão tão distante.
Tem gente que com um suspiro consegue transmitir calma
E aquela paz interior vai ganhando vida...

Essa coisa misteriosa de olhar, de falar, de sentir...
Essa coisa doida que acontece inesperadamente
Essa coisa simples e verdadeira!

Continua com esse teu sorriso, que continuarei com a minha alegria!

23 de jul de 2008

A um passarinho


Para que vieste
Na minha janela
Meter o nariz?
Se foi por um verso
Não sou mais poeta
Ando tão feliz!
Se é para uma prosa
Não sou Anchieta
Nem venho de Assis.
Deixa-te de histórias

Some-te daqui!


Vinicius de Moraes

21 de jul de 2008

Se hoje eu fosse uma folha de papel, seria a primeira a ser rasgada e jogada no lixo.
Sabe quando você parece não valer um real? Pois é.
Aqueles dias em que seu cérebro não sabe o que é pensar, muito menos o que é imaginação.
As vezes eu penso que não combino com essa correria do dia-a-dia e me desespero por pensar nisso.

20 de jul de 2008

Clara como o sol...



Hoje é o dia! Aquele em que eu nunca consigo descrever corretamente.
Fazer aniversários pra mim é sempre muito bom, mas a minha mamãe detesta a idéia de ficar mais velha (hehe)
Mesmo assim, divido com vocês a minha felicidade de ter essa pessoa na minha vida...
É uma mulher guerreira, sempre firme e pé no chão. Antes de viajar na maionese, ela planeja, como uma verdadeira mãe de família.
Ela é humilde, verdadeira, amorosa e tem um coração maior que ela.
Sempre lutando para dar o melhor pra todos que estiverem em volta dela.
Faz o papel de pai e mãe pra mim e pra Thayná, e nunca sequer esqueceu desses dois papéis.
A pessoa que faz toda a diferença na minha vida, e que definitivamente, não consigo ficar longe!
"Clara como o sol... Rara como a lua"

Parabéns mãe! Feliz 4.7!
Muita saúde, felicidade e paz!
Te amo!

19 de jul de 2008

"Eu cuidarei do seu jantar, do céu e do mar, e de você e de mim..."

A música da manhã foi essa - "Os Cegos do Castelo - Nando Reis" - . E quando eu gosto de uma música, eu ouço sem parar, várias vezes seguidas...Até irritar!
Mas com essa eu não me irrito... eu adoro, acho a letra linda!

Hoje estou sem inspiração, então bom dia a todos!:D

18 de jul de 2008

chega.

Tem dias que você acorda com o pé esquerdo.
Aliás... rola a madrugada inteira na cama, e acorda as 10 da noite, depois as 3 da manhã, depois as 5, depois as 6 e espera o despertador tocar as 7:00hs.
Daí hoje eu fiz igual o Jota Quest e acordei 7:15h, justo com aquela música na cabeça... sabem né?
"E começo a me lembrar, do que ainda não me esqueci... do que tenho pra falar"
E o fato é "que todo o dia é assim", ou eu me pergunto: "Vai ser sempre assim?".
Pois é, eu não queria. Não aguento mais. chega! cansei!
Não aguento ter 20 anos e tomar remédio como se fosse uma centenária.
Não aguento ter tantos compromissos com meu dinheiro.
Não aguento essa injustiça.

Queria outra coisa, realmente!

17 de jul de 2008

A música.


Eu já sei o que meus olhos vão querer
Quando eu te encontrar
Impedidos de te ver
Vão querer chorar
Um riso incontido
Perdido em algum lugar
Felicidade que transborda
Parece não querer parar
Não quer parar
Não vai parar

Eu já sei o que meus lábios vão querer
Quando eu te encontrar
Molhados de prazer
Vão querer beijar
E o que na vida não se cansa
De se apresentar
Por ser lugar comum
Deixamos de extravazar, de demonstrar

Nunca me disseram o que devo fazer
Quando a saudade acorda
A beleza que faz sofrer
Nunca me disseram como devo proceder
Chorar, beijar, te abraçar, é isso que quero fazer
É isso que quero dizer

Eu já sei o que meus braços vão querer
Quando eu te encontrar
Na forma de um "C"
Vão te abraçar
Um abraço apertado
Pra você não escapar
Se você foge me faz crer
Que o mundo pode acabar, vai acabar

Biquini Cavadão

Composição: Alvaro / Bruno / Miguel / Sheik / Coelho / Beni .

16 de jul de 2008

"Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida."
Clarice Lispector

15 de jul de 2008

Preocupe-se!


Eu sou do tipo de pessoa que sempre age por impulso. Mas até hoje, nunca tive sequer uma decepção.
Aquela coisa de "no ato" é comigo mesmo. Não penso muito. Vou logo fazendo, escrevendo, dizendo.
E porquê? Por que eu sou assim. E muitos podem achar que isso é um grande defeito (e pode até ser), mas não por enquanto.
Por isso também que eu sofro demasiadamente quando tenho que esperar por alguma coisa, uma prova, um exame, um projeto. Alternativas que envolvam o tempo quase nunca é comigo.
Eu gosto de praticidade, e provavelmente, um dia eu me quebre por isso.
Mas antes sofrer por ansiedade do que me arrepender de não ter feito ou falado aquilo, naquele momento.
As coisas boas tem que ser ditas, espalhadas... como o vento.
Palavras de amor, de carinho são reproduzidas para todos, assim como uma pessoa mal humorada consegue me deixar mal quando está por perto.
Por favor gente! Vamos dar bom dia para as pessoas! Abrir um sorriso de manhã (mesmo quando você está caindo de sono).
Seja gentil com as pessoas.
Caso tenha que brigar, brigue! Que mal há nisso? Se fosse tão ruim assim, não existira o perdão, a desculpa.
É claro que é sempre melhor ser amigo de todos e manter aquela paz de espírito, mas como nem sempre é possível, nada de segurar essa raiva e passar o dia com dores de cabeça. Grite, se isso resolver, estrapole!!
Prefiro dar o melhor de mim. Fazer as coisas sem olhar pra trás.
Preocupe-se com você, com quem te ama, e as pessoas que estão ao seu lado.
Preocupe-se com a humanidade, como ela anda e o que você pode fazer pra ajudar.
Mas por favor, não se preocupe com a hipocrisia, a desonestidade, a ingratidão e principalmente a falta de respeito.
Eles não te levarão a lugar algum.


14 de jul de 2008

Futuro


.... Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido.

Dalai Lama

Neste domingo, uma das minhas melhores e mais antigas amigas foi me visitar. Aquela amizade praticamente de berço! Estudávamos na mesma escola, usávamos lancheiras, fazíamos 'maria chiquinha' e também éramos as mais gordinhas, e por sinal, as mais amadas pelas professoras.
Não tinha uma que não apertasse as nossas bochechas! Era horrível, mas nossas mães adoravam.
Por sinal, nossas famílias também se conhecem... Minha vó é amiga da vó dela, que é amiga do tio, e da tia, e da mãe e por aí vai...
Bem, estou falando da Francieli, a minha eterna 'Soraia' - apelido dela quando fazíamos o terceirão - . Nem queiram me perguntar o porque do apelido.
Mas enfim, a conversa desse final de semana foi sobre FUTURO, perspectivas, estudos, determinação.
Não tem como eu resumir, porque ela durou horas...
Mas hoje, logo pela manhã, eu entrei no orkut do Tiago e vi essa mensagem aí em cima do Dalai Lama.
Ela representa exatamente o que eu penso e o que falei para Fran.
Claro que não com essa sabedoria, mas com todo o sentimento verdadeiro.
Prefiro continuar como estou, vivendo um dia de cada vez, sem pensar loucamente no futuro.
Pra mim, ele sempre estará distante... até quando eu tiver meus 97 anos... :D


13 de jul de 2008

Foz do Iguaçu amanheceu linda hoje!
Aquele solzão que dá vontade de ficar o dia inteiro esticada numa rede!
Ainda bem que aquele frio já foi embora, e ficou apenas um arzinho refrescante!
Como já disse, os domingos não me são muito alegres...
mas hoje parece estar diferente!
Bom dia!

11 de jul de 2008

Nego Joe


Que bom se você fosse como a lua...
que onde quer que esteja possa lhe enxergar.
Ou quem sabe fosse como o Sol...
que me aquece o peito onde quer que eu vá.
Teu beijo poderia ser o infinito e ainda
mais bonito nunca se acabar.
A tua beleza como das estrelas só que permanece
quando a noite vai.

Deixa a mesma tristeza em saber que não és minha
que não te posso alcançar.

Vem a chuva molha o meu rosto,
provo do mel me lembro do seu gosto,
olho da janela vejo um jardim.
Vou a praia a tarde cai que maravilha,
o vento trás o teu perfume de baunilha,
é como se o mar quebrasse só para mim.
Vou me emaranhar por entre os seus cabelos
dormir contigo afastar seus pesadelos.
E quando o Sol chegar seremos um, um Ser só
um Ser só...um Seeeer.....

(Essa música é de uma banda catarinense chamada Nego Joe. Eu nunca tinha ouvido falar, e quando estava em Balneário, minha prima não parava de cantar. Só hoje fui conhecer a letra e tudo mais! Essa música, em particular é linda!)
Vejam o vídeo!

10 de jul de 2008

Que saudade!


Saudade daquilo que se foi...
Daquilo que vivi...
E até de momentos nem tão felizes...
Saudade de quem tá longe
Saudade de quem mora perto
Saudade do abraço.

Tenho saudade do ônibus
Saudade do carro
Saudade do cheiro bom
Saudade de amigos
Saudade das histórias
Saudade do beijo.

Aquela dorzinha, bem 'doída'.

8 de jul de 2008

Eu amo tudo o que foi
Tudo o que já não é
A dor que já não me dói
A antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.

Fernando Pessoa

DICIONÁRIO PRA QUEM VAI PRA REGIÃO DE POMERODE (SC)

PANDA - É um crupo te amicos, que se xunta bara fazer múçica. Norrmalmente, tem bor nome pandinha.
PAR - O mesmo que Potega, policho, armacem que serve pepidas e tira-costo, como toresmo, quecho, mortatela, ofo cozito, etc.
PARACO - Habitaçon popre, humilte, sem áqua, sem luxa, sem borra nenhuma.
PARALHO - Xoco de cartas. Muito abreciato nos pares e caças te família.
PIA - No Brrasil tampém conhecita por lourra ou xelada. É um pepita veita a bartir do cevata, muito apreciata em pares e vestas.
PIÇAR - Caminhar no grrama, caminhar no calçada; Ex.: Non piça no minha crama, vacapunto! 2) - Piçar no domate, icual a facer cagata.
PIZICLETA - Meio te transporte te tois rodas, com traçon humana. Tem bedais e coreia.
POI - Touro castrato, sem saca. Sem saca, non trépa. Non trepando, engorda. Gorrdo, é matado tom mareta.
POLZA - Pjeto que serfe bara caregar vários coisa. Tem vários dipos: polza te mulher, polza bara lixo, polza te subermercato e polza te açons financerras (que non sei que merrda é).
PUTIÁ – Lá no minha caza só o minha mulher é que costa de putiá. Eu e os minhas filhos non costamos de putiá porque é uma frutinho muito aceta, xeca a tar arrebio.
REBUCHO - Eveito ta maré, depos te bater no praia, os ontas foltam bara o mar.
TIARÉIA - Tistúrbia dos tripas. Muito comum para quem come panana com gachasa e toresmo com chimaron, ou bepe pia xelada com linqüiça quende. É tão ruim o tiaréia, que teixa o xente suato e amarrelo. O xente diz pros mais íntimos: tô mixando pela cú, rapaiz.
XAROBE - Remétio xeralmente feito te erfas ou com mel e agrion. Muito inticato nos resvriados fortes, com muito tosse. 2) Intívituo chato, que costa te imbortunar, ou alco que não se coste. Ex.: A rátio ta Frida só toca músico xarobe!
XOTA - Técima letra to alfapeto.
XUNTO - Acompanhato te alco ou alquém. Facer alcuma coisa com alquém. 2) Ato te xuntar alcuma coisa. Ex.: O Fritz xuntô a carta to paralho da chon.
ZIM - O que diz pessoa que concorrda, aceida, deixa. Pessoa que sempre diz zim é conhecida bor concortino

'Um abra son'

7 de jul de 2008

A dita cuja da orelha

Hoje foi dia de ver vídeos de humor no youtube, comentar sobre Ingrid Betancourt, escrever materinhas pro Caderno Imobiliário e ir ao médico no final do expediente.
Nessas férias estou aproveitando para fazer todos os exames que as vezes ficam pendentes pela falta de tempo. Mas, com saúde não se brinca, então vamos atrás de tirar sangue pra ver como anda a anemia, fazer ecografia da tireoide e por aí vai.
Só que hoje, fui ao cirurgião plástico fazer a cirurgia na minha orelha, que rasgou.
Sim, ela abriu no meio... de tantos brincos pesados que a menina usou.
Deu no que deu. Inflamação atrás de infralação... Era o mínimo que podia acontecer, como disse meu médico.
Então, a cirurgia não foi tão boa quanto esperávamos. Minha orelha estava um pouco inflamada ainda, e sangrou demais durante os pontos. Por isso, demorou um pouco mais do que o esperado.
E ainda por cima, entrou sangue no meu ouvido.
Já cheguei em casa, dei mil pulos, passei soro fisiológico e fiz tudo o que podia, mas eu ainda me sinto surda de uma orelha. Que Raiva:@
Olha o desabafo não é...
Blog serve pra essas coisas também. Então deixa!
Espero que passe e tudo fique bem :*

5 de jul de 2008

Não deixe de sonhar

Se alguém te encontrar e perguntar por mim,
Pode dizer que eu vim pra falar
O que ninguém mais fala,
E não quer acreditar...

Quando ouvir alguém dizer que já não sonha mais,
É bom saber na paz que é capaz de morrer,
Quem não tem esperança,
Não quer fazer nascer ..

Preste atenção,
Não abra mão dos próprios sonhos...
Não tem perdão, não...
Não deixe de sonhar,
Não deixe de sorrir,
Pois não vai encontrar
Quem vá sorrir por ti ..

Tem dias em que nada faz sentido.

4 de jul de 2008

Feira Internacional do Livro

Êbaaaa! Já que algumas pessoinhas queridas comentaram aqui, eu até me empolguei!
Então vamos aos acontecimentos super-hiper-mega-ultra legais!:D
Vai acontecer de 1º a 10 de agosto a Feira Internacional do Livro, aqui em Foz!
Escritores como Moacyr Scliar, Ana Maria Machado, Cristovão Tezza, José Miguel Wisnik, Fabio Campana, Miguel Sanches Neto, Laurentino Gomes e Paulo Sandrini já são presenças confirmadas!
Além deles, haverá venda de livros com até 50% de desconto e também palestras com escritores, poetas e artistas da cidade!
Todo mundo está convidado a participar e genteeee...a entrada é franca Ok!
De segunda a sexta-feira das 9h as 21h
Sábado e Domingo das 9h as 18h.
A Feira acontece em frente a Fundação Cultural - Rua Benjamin Constant -

3 de jul de 2008

Aviso aos navegantes!

As vezes eu acho que ninguém entra nesse blog, e eu escrevo única e exclusivamente para a minha pessoa. Mas, aí eu lembro de um menino que eu encontrei num bar e disse que sempre lia o blog; ou então a minha amiga Dali que diz adorar as poesias postadas. Lembro até de alguns amigos de faculdade, que vez ou outra acessam o blog para verem as novidades.
O fato é que não gosto de escrever para "ninguém", e jornalista (ou futuro jornalista) adora ser elogiado por qualquer coisa que escreve, até mesmo uma frase daquelas bem toscas.
Esses atos de carinho e respeito vêm da própria admiração. E não há coisa mais gostosa do que um elogio sincero de algum leitor!
No dia dos namorados por exemplo, mesmo abalada emocionalmente (brincadeirinha... nem tanto assim), escrevi uma matéria sobre decoração de quarto para agradar a pessoa amada.
Aquelas materinhas bem toscas, mas que todo mundo adora ler. Tipo de Revista Capricho... (haha)
No dia seguinte, logo de manhã, minha amiga liga dizendo que "adorooooou" a matéria!
Tá vendo! É sempre bom ter amigos fiéis, queridos, e sinceros!!!
(Mui sinceros)
Bom, o recado aos navegantes é que não escrevo mais se ninguém deixar recadinhos! hehe
É sério!!! =/

Até mais então!



De onde vieram essas tem muito mais. Como estou sem Orkut (aqui no jornal) não posso ver se o pessoal já postou... Mas também me adianto nas minhas matérias e não fico feito boba olhando cada uma das fotos.
Ainda essa semana eu consigo o restante e posto pra vocês! Mas as melhores ficam mesmo pro final...
Bem, o que posso resumir de ontem?
Foi bem cansativo, eu fiquei bem irritada (pra variar), mas valeu muito a pena!
Me entendam pessoas! Pra quem não está acostumada a andar de salto agulha bico fino e ficar mais de três horas esperando é "pácabá" né não?!
Mas a festinha tava gostosa! Nada como uma cerveja gelada com os amigos!:D
Besos!



2 de jul de 2008

Hoje é o Dia!


É claro que o grande dia ainda está por vir, mas hoje é o início dele!:D
Iremos tirar as fotos pros convites e também para o album!!
Todooos chiques "di duêeee"
Minha turma é linda mesmo!!

E as pessoas ainda falam que jornalista é louco.
Vocês ainda tem dúvidas???

Hoje é o dia nas Casas Bahia!!!:D

1 de jul de 2008

Poesia do Dia!

Amar: Fechei os olhos para não te ver e a minha boca para não dizer... / E dos meus olhos fechados desceram lágrimas que não enxuguei, e da minha boca fechada nasceram sussurros ...”
Mário Quintana