29 de fev de 2008

"Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amor à vida dos seres humanos. A consciência de aprender tudo o que nos foi ensinado pelo tempo afora. Lembraria os erros que foram cometidos, como sinais para que não mais se repetissem. A capacidade de escolher novos rumos. Deixaria para você, se pudesse, o respeito aquilo que é indispensável: alem do pão, o trabalho e a ação. E, quando tudo mais faltasse, para você eu deixaria, se pudesse, um segredo. O de buscar no interior de si mesmo a resposta para encontrar a saída." -
Mahatma Ghandi

28 de fev de 2008

Um cantinho, um café e uma boa conversa!

É uma das coisas mais gostosas da vida.
Ter amigos, ter assuntos, discutir idéias, aceitar opiniões...
Ver um sorriso, ouvir a chuva, escutar uma palavrinha bem bonitinha.
Meus dias têm sido assim, de puro querer...

26 de fev de 2008

Poesia do Dia.

Amar o perdido deixa
confundido este coração.
Nada pode o olvido contra
o sem sentido apelo do Não.
As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão
Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão.
Carlos Drummond de Andrade

25 de fev de 2008

bom dia.

Na prática, você cai, se machuca, fica com alguns hematomas e dores no corpo, que logo vão desaparecer. No coração a coisa pode ser assim também. Um pouco mais difícil, mas uma hora passa...
Sempre passa.
Eu aceito que todos os dias sejam de sol. Mas me permito escolher entre ver o brilho ou fechar a janela...





23 de fev de 2008

Ela tem cara de insuportável, pose de metida e coração de criança.

Ela é real. Ela que vive com a cabeça na lua, com música nos oυvidos e coração na boca. Ela é gorda, magra, feia e bonita, da mesma forma e quando quer. Ela que tem defeitos, mas ta sempre em busca da perfeição, sabe-se lá como. Só ela sabe. Ela não gosta do que vê, mas sorri pra quem a odeia. Ela não sabe disfarçar. Ela é humana. Ela se diverte até sozinha. Ela vai te amar mesmo te odiando. Ela não sabe brigar. Ela é menina e mulher. Ela sabe muito bem o que quer. Ela sorri bonito e deixa os outros querendo descobrir qual é o segredo que faz ela rir...

22 de fev de 2008

Vizinha, irmã, amiga...


A Caroline é assim, uma mistura de possessividade com um coração de menina.
Uma pessoa que me viu nascer... foi na minha primeira festa de aniversário!
Brincamos de barby até os 16 anos dela... Andamos de Honda Biss, fizemos casinha no mato,
jogamos bets, pulamos elástico, assistimos filmes horríveis, fofocamos, fizemos tortas, bolos, miojos. Tomamos coca-cola e comemos doritos até a barriga doer, assistimos Maria do Bairro e idolatramos a Thalia. Torramos no sol até nosso corpo descascar. Já fizemos regimes juntas.
Já formamos um grupo das Spice Girls. Dividimos as mesmas roupas e sapatos. Temos mães lindas e que estão sempre do nosso lado.
Já guardamos segredos uma da outra. Já durmi na casa dela quando ela tinha medo de ficar sozinha. Já bebemos até cair. Já duvidamos de coisas obvias, já discutimos por bobeira, já brigamos.
Já passamos tardes e tardes de sábado tomando tererê... Já rimos até perder a voz.

Listar tudo o que nós já passamos juntas nesses 20 anos de amizade não caberia nesse post,
mas espero que assim, com poucas, mas sinceras palavras, PARABENIZÁ-LA pelo diploma de Biomédica.
Eu sei o quanto você lutou para chegar onde está. Já caiu e se levantou muitas vezes... e as batalhas da vida são assim mesmo.
Acredito na sua fé e na força de vontade em conquistar tudo o que quer.
Acredito em você Carol!
Que esta nova estapa da sua vida seja de muito sucesso, aprendizado, dedicação, experiências e vitórias!!!

Te amo!

21 de fev de 2008

As minhas idéias

Estou numa fase em que prefiro me calar a ter que discutir algo.
No mundo das minhas idéias ninguém tem nada a ver.
Detesto o fato de pessoas quererem sempre me contrariar ou discutir questões que já estão construídas. Eu mudo de idéia sim. Não sou daquelas teimosas, que batem o pé até o final mesmo estando erradas.
Eu aceito críticas (como todo ser humano), escuto sugestões e respeito as idéias alheias, e por aí mudo alguns conceitos. Pra mim, essa é a melhor maneira para se aprender e conhecer qualquer coisa. Infelizmente, ainda existe aqueles possessivos por idéias antiquadas, que não se encaixam em lugar nenhum, mas eles juram que estão certos. Meu medo é que pessoas assim passem essa ignorância para outros.
Se eu respeito, então por favor... respeitem as minhas. Só isso.
O fato de me flexionar a algumas coisas não quer dizer que eu sempre vá mudar de opinão. O que é uma pessoa sem opinião?
Acho que ainda vivo no lugar certo e eu sei que aqui, posso ir e vir.

Então, assunto encerrado!



19 de fev de 2008

Queridos Amigos


Eu sempre fui apaixonada por história. Especialmente pela história do nosso país.
Adoro conhecer pessoas que viveram em períodos importantes e hoje contam os detalhes daquele tempo...
Tenho uma tia por exemplo, com 86 anos, que conta para quem quiser ouvir sobre a sua audácia em usar calça na adolescência. No período em que todas as mulheres só usavam saias e cuidavam de casa, ela já trabalhava com meu bisavó (pai dela) e pedaleva todos os dias até chegar ao serviço. Ela me contava que os vizinhos ficavam olhando feio, as mulheres reclamavam... mas é claro! E a inveja fica aonde?! hehe
Enfim, são histórias pequenas, mas que fazem uma diferença enorme pra mim.

Aí, ontem a noite cheguei em casa depois da faculdade e assisti a minissérie "Queridos Amigos" da Rede Globo. Não peguei bem o começo, mas gostei muito da história...gostei dos atores e do contexto. A obra é uma adaptação do livro "Aos meus amigos", publicado em 1992 por Maria Adelaide e dedicado ao jornalista Décio Bar.
A minissérie conta sobre uma família de amigos que lutou para mudar a história do país..
A vida afetiva e profissional se mistura com a política da época, que trata de dores, alegrias e prazeres da vida...
Enfim, eu gostei muito e vou tentar assistir, mesmo que as minhas aulcas acabem as 23h30 nas terças e quartas :/
Beijos e Bom dia!



18 de fev de 2008

Não custa nada tentar...

Já dizia minha vó, minha mãe. Tentar não tira pedaço, não machuca e não gasta..
Mas...eu sou assim, e sempre sofri por antecipação. Vocês não?
Ah sei lá... é o que pensei hoje e o que mais quero trabalhar em mim, essa tal de angústia e esse tal de nervosismo. Eles não combinam comigo. Não mesmo!
Ainda mais agora, em época de conclusão de curso. O que eu mais quero nesse momento é a minha paz de espírito. A minha tranquilidade de volta!

E tenho dito.

15 de fev de 2008

Tan Taran Tannnn....


Vocês sabem da última?
No novo filme do magnífico, genial, ilustríssimo, "felomenal", Indiana Jones, aparece as Cataratas do Iguaçu. Isso mesmo, acabei de assistir ao trailer do filme "Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal " que estréia (dizem...) dia 22 de maio, não sei se mundialmente ou no Brasil...
Mas o fato é que a volta do velhinho vai ser arrepiante, pelo menos é o que parece nas cenas!
E o mais massa também é que parte da terrinha aparece lá... bem de leve e rapidinho, mas aparece. Já tá valendo!
Assistam ao vídeo AQUI!

Besos!




Coldplay - The Hardest Part (tradução)
E a parte mais difícil
Foi deixar acontecer, sem tomar parte
Foi a parte mais difícil
E a coisa mais estranha
Foi esperar aquele sino tocar
Foi o início mais estranho
Eu podia sentir isso diminuir
Agridoce eu podia sentir na minha boca
Prata contornando as nuvens
E eu
Eu gostaria que eu pudesse resolver isso
E a parte mais difícil
Foi deixar acontecer, sem tomar parte
Você realmente partiu meu coração
E eu tentei cantar
Mas eu não conseguia pensar em nada
Foi a parte mais difícil
Eu podia sentir isso diminuir
Você deixou o gosto mais doce na minha boca
Prata contornando as nuvens
E eu ...
E eu ...
Eu me pergunto o que significa tudo isso
Tudo o que eu sei está errado
Tudo o que eu faço, só se desfaz
Tudo está confuso
Oh e essa é a parte mais difícil
Essa é a parte mais difícil

14 de fev de 2008

Só para constar, eu adoro esse texto.
As fotos são do filme "A lot like love", ou "De repente é amor".
A comédia romântica conta a história do relacionamento de Oliver (Ashton Kutcher) e Emily (Amanda Peet), um casal que levou anos para se apaixonar "a primeira vista".
Não vou contar mais, quem quiser assista! Vale a pena!

Quem não tem namorado

... é alguém que tirou férias remuneradas de si mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namorado de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.
Paquera, gabira, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil. Mas namorado mesmo é muito difícil.
Namorado não precisa ser o mais bonito, mas ser aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio, e quase desmaia pedindo proteção. A proteção dele não precisa ser parruda ou bandoleira: basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição.
Quem não tem namorado não é quem não tem amor: é quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem três pretendentes, dois paqueras, um envolvimento, dois amantes e um esposo; mesmo assim pode não ter nenhum namorado.

Não tem namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema, sessão das duas, medo do pai, sanduíche da padaria ou drible no trabalho.
Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar lagartixa e quem ama sem alegria.
Não tem namorado quem faz pactos de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a felicidade, ainda que rápida, escondida, fugida ou impossível de curar.
Não tem namorado quem não sabe dar o valor de mãos dadas, de carinho escondido na hora que passa o filme, da flor catada no muro e entregue de repente, de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque, lida bem devagar, de gargalhada quando fala junto ou descobre a meia rasgada, de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia, ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo, tapete mágico ou foguete interplanetário.
Não tem namorado quem não gosta de dormir, fazer sesta abraçado, fazer compra junto. Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele; abobalhados de alegria pela lucidez do amor.
Não tem namorado quem não redescobre a criança e a do amado e vai com ela a parques, fliperamas, beira d'água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos ou musical da Metro.
Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos, quem não se chateia com o fato de seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gosta sem curtir quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou meio-dia do dia de sol em plena praia cheia de rivais.
Não tem namorado quem ama sem se dedicar, quem namora sem brincar, quem vive cheio de obrigações; quem faz sexo sem esperar o outro ir junto com ele.
Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho e em paz. Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo e quem tem medo de ser afetivo.
Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando 200Kg de grilos e de medos. Ponha a saia mais leve, aquela de chita, e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada e coração estouvado, saia do quintal de si mesma e descubra o próprio jardim.
Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passa debaixo de sua janela. Ponha intenção de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteio.
Se você não tem namorado é porque não enlouqueceu aquele pouquinho necessário para fazer a vida parar e, de repente, parecer que faz sentido.

Artur da Távola

13 de fev de 2008

A vontade é de dizer NÃO.

Não as coisas que eu não gosto de fazer.
Não as coisas que me dão medo.
Não a solidão.
Não ao tédio.
Não a impaciencia.
Não a minha fragilidade.
Uma dia chega a hora, aquele momento que você tanto temia.. e o que fazer? Eu sigo o meu ritmo.. acompanho as minhas batidas.
Fazer por obrigação, independende do que for, é um saco! As coisas não saem com prazer, saem com pressa. No final, a experiência pode valer, mas o contéudo é uma merda!
Estou naquela fase de agonia, que muitos já passaram, e eu começo a passar agora.
Não me perguntem o porquê, mas é assim... estou frustada, brava e indignada!
Não sei se quero que este ano termine logo ou demore muito.
Não sei mesmo, mas a minha vontade agora é só dizer NÃO.
E me deixe assim né, de repente é só hoje...

Em que fase da lua nós estamos mesmo?

12 de fev de 2008

Coelhinho da Páscoa que trazes pra mim?

As novidades vão além dos bombons e ovos recheados. Lojas em Foz do Iguaçu apostam em decoração artesanal e produtos caseiros

Thays Petters

Há pouco mais de um mês para a Páscoa, as lojas e supermercados se preparam com um estoque cheio de novidades. São várias opções para os apaixonados por chocolate ou mesmo para os pais, namorados e amigos que pretendem presentear aquela pessoa especial. Já para os que preferem controlar o consumo do doce, as alternativas também não faltam.
De acordo com a gerente da loja Vermont Presentes, Débora Dias Gussuli, são inúmeras as formas para quem quer presentear. “Até uma lembrancinha faz toda a diferença”. E essas lembrancinhas são ótimas maneiras para quem quer presentear com bom gosto e sem gastar muito.
Entre as diferentes criações estão os ovinhos de amendoim decorados, caixinhas para trufas, porta chocolates, ovinhos de chocolates, bolachinhas recheadas, latinhas personalizadas, cestinhas, pirulitos de chocolate etc. Cada um com sua forma, tamanho e estilo diferente, para agradar a todos os gostos.
A decoração é outro detalhe que faz toda a diferença na casa. Objetos como as guirlandas, porta-maçaneta em formato de coelhinho, os próprios coelhos de pelúcia e objetos estilizados como as caixinhas ajudam a compor um visual encantador, principalmente para quem tem filhos pequenos e segue a tradição do Coelhinho da Páscoa.
As cestas ainda são os presentes mais procurados nesta época, e a novidade está na produção dela. Como explicou a gerente, o cliente é quem escolhe a composição da cesta. “Nós apenas montamos. Ele decide pelo que quer colocar, entre as trufas, os ovos, os doces, os enfeites e detalhes.”
Existem também as cestas prontas, com modelos e preços diferenciados. A cesta masculina, por exemplo, trás uma decoração bastante criativa, com bombons, trufas, vinhos, bolachas etc. A feminina pode conter ursinhos de pelúcia, garrafa de champanhe, caixa de bombom, creme hidratante, bijuterias etc. Tudo depende do seu bolso e do gosto de quem será presenteado. Além disso, existem as cestas em formato de casinhas, os sacos estilizados para segurar o ovo de páscoa e também as próprias caixinhas que comportam os chocolates.
Para quem pretende cortar as calorias e evitar o chocolate, a loja oferece opções como o Panforte, um doce europeu sem açúcar, composto por frutas nobres, como o damasco, nozes, tâmaras, amêndoas e figo. Têm também os pães de mel e as bolachas com sabor de canela, excelentes para presentear e servir para as visitas em casa.
Com tanta variedade, fica difícil resistir e não dar se quer uma lembrancinha aos parentes e amigos.

Os mitos e verdades sobre o chocolate

Chocolate dá espinhas?
Mito. Não há nenhum estudo científico que comprove a ligação direta do chocolate com a acne. O mesmo vale para a celulite. São problemas relacionados a questões hormonais e a fatores genéticos.
Chocolate é energético?
Verdade. Composto em grande parte por açúcar e gorduras, o chocolate tem alta densidade energética. Na pirâmide dos alimentos, o chocolate fica no topo, no grupo dos energéticos extras. E, exatamente por isso, deve ser consumido com moderação.
Chocolate supre “carência emocional”?
Verdade. Muitas vezes, a busca pelo chocolate retrata uma deficiência de magnésio, mineral que participa da produção dos neurotransmissores que regulam o humor, a alegria e a satisfação. O chocolate contém ainda metilxantinas, substâncias psicoativas que atuam como estimuladores do sistema nervoso central e induzem um bem-estar emocional e proporcionam sensação de prazer. Chocolate vicia?
Polêmico. Os nutricionistas afirmam que não há nenhuma substância presente no chocolate que provoque diretamente o vício. O que faz a pessoa comer sem parar é a satisfação pessoal que o alimento causa.
(Fonte: Folha Online)

11 de fev de 2008

Look What You've Done

Tire minha foto da parede
Se ela nao for cantar para você
Porque tudo que sobrou se foi
E não há mais nada para você provar
Oh, olha o que você fez,
Fez a todos de bobo
Parece tão divertido até você perder o que ganhou
Devolva-me meu ponto de vista
Porque eu não posso pensar por você
Eu mal posso te ouvir dizer
O que devo fazer?
Bom, você escolhe.


Jet

10 de fev de 2008

Domingo...

De chuva calma e de passarinhos na minha janela!
Irei dormir, muitoooo!
=*

9 de fev de 2008

BENDITA Aquárius


É muito bom sair sair numa sexta-feira a noite, dormir as 4 da manhã e levantar as 7 pra trabalhar com todo o gás! Isso porque ontem eu não bebi nada de álcool.
Nossa, quem lê deve pensar que sou uma alcoolatra. Mas não gente! Só é difícil mesmo ir pra um boteco e não beber uma cerveja. É muito frustrante.
Bom, mas o fato é que ontem eu fui, vi todo mundo beber, e eu fiquei susse! Sentadinha na mesa com minha garrafinha de Aquarius.
Benditaaa Aquarius que me salvou a noite inteira das brejas que me olhavam e pareciam me chamar. (heuehe)
A Kellen também adora o Aquarius, e chegamos a conclusões óbvias e boas, que valem a pena serem registradas, já que eu agora só tomarei o Aquarius quando quiser trabalhar sã no dia seguinte;
- é super gostoso
- tem gostinho de refrigerante, mas não é
- ficaria ótimo com bacardi
- e principalmente, não engorda!Uaaaaau!
(bom, engordar engorda, mas bem pouco)
Realmente, estou impressionada com o tanto de besteira que eu escrevo aqui.
Como vcs aguentam? Fala sério
Beijoooo babys
=*

7 de fev de 2008

Começou!

Então, estamos no primeiro dia do ano?! Pelo menos é isso que a maioria dos brasileiros tornam a dizer sempre que acaba o carnaval
Clichê ou não, é um pouco verdade...
Apesar de muitos (assim como eu) estarem trabalhando sem parar durante natal e ano novo, as coisas só começam a "fluir" mesmo depois do bendito carnaval.
Hoje por exemplo, quando vinha para o jornal, parei na padaria para comprar um pão de queijo.
IMPRESSIONANTE! Tinha mais gente que o normal. Um pessoal diferente nas ruas.
Onde eles estavam antes?
Ah, e depois tem outra, começam as aulas! Inferninho!
É calourada de todos os lados achando que vão dominar o mundo! heuehue
Chega a ser engraçado, mas me irrita um pouco, no começo.

Bom, então tá, chega! Tchau!
=*

Dar é dar


"Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete. Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...Não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar....Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...Te amolece o gingado... Te molha o instinto. Dar porque a vida é estressante e dar relaxa. Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem esperar ouvir futuro. Dar é bom, na hora.Durante um mês. Para os mais desavisados, talvez anos. Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro. É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:"Que que cê acha amor?".
É não ter companhia garantida para viajar.É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia. Dar é não querer dormir encaixadinho...É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito. Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão. Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar.
Experimente ser amado..."

Luiz Fernando Veríssimo

5 de fev de 2008

Bloco do eu sozinho

E o carnaval?
Bom, eu confesso que nunca fui muito fã dele. Gostava mesmo de ir no clube uma noite apenas e dançar com meus amigos. Se me chamassem pra ir pra Salvador, com toda certeza eu iria gostar. Mas aqui em Foz é assim, nunca teve muito agito, e com o passar dos anos, tem diminuido.
Passei meu domingo e minha segunda feira assistindo o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. Acho lindo, maravilhoso! mas demorado.
Tá tá, eu sei que eles passam o ano todo montando aquela estrutura fantástica... mas 80 minutos é muito tempo. Pelo menos pra mim.
Consegui ver só duas escolas, porque o sono bateu e eu fui dormir.
Então, meu carnaval foi assim, o "bloco do eu sozinho"... mas muito tranquilo, diga-se de passagem!

1 de fev de 2008

Fernando!


Eu conheço ele tem um seis anos mais ou menos, e a cada dia, me surpreendo mais com esse tranqueira em forma de engenheiro civil...
Fala sério! Ele é o máximo da criatividade! Estupendo! Surpreendentemente fantástico!
E apesar dele morar em Curitiba e a gente não se falar tanto quanto antigamente, continuamos morrendo de amor um pelo outro. hauahauha.
Tanto é, que a pessoa tem a capacidade de me chamar no MSN para mostrar sua nova invenção!
"O porta cerveja na muleta". Isso mesmo...
a historinha rápida é assim; o Fernando foi pra Floripa,
estando mais louco que o Lobão e o Rafael do Polegar, pulou de uma pedra e caiu no mar.
Pena que este dia a maré estava baixíssima, e na hora que o Fer pulou,
ele se arrebentou...quebrando o pé em algumas partes!
Mesmo assim, ele foi capaz de ir ao Planeta Atlântida e está agora em Curita, com o pézão ingessado e usando as confortáveis muletinhas! hahah.
Mas, como ele não é burro nem nada e não gosta de dar trabalho pros amigos, resolveu criar o porta cerveja.
Com toda a certeza, este meu amigo gênio está perdendo dinheiro dando uma de engenheiro, acho mesmo que ele deveria estar nas organizações tabajara ou algo parecido.
Ferzão, te adoro piá! Você é bêbado, mas é meu amigo!
HUMILHOU!

ABSURDO!

Um assunto muito sério me chamou atenção hoje de manhã.
Não gosto muito de trazer essas notícias para o blog, mas acho que é interesse de todos.
A Escola de Samba Viradouro, do Rio de Janeiro, foi impedida de desfilar com um carro alegórico
que representava a brutalidade nazista.
Com o nome de "Hitler", o carro trazia uma montueira de corpos representando os judeus mortos naquela época.
Graça a Deus, existem pessoas com a cabeça no lugar que ainda proibem coisas como esta. (Obrigado Juíza)
Sinceramente, não consigo acreditar como um carnavalesco teve a capacidade de criar e montar um carro que fala de uma tragédia como essa.
O carnaval é uma festa, uma comemoração, onde tema é o que não falta.
Imaginem a falta de respeito com outras culturas e religiões.
Um carro desses representando um assunto histórico e ao lado, mulatas nuas rebolando!
"É PÁCABÁ" mesmo! Me indignei agora! Hunf!

Assistam ao vídeo: http://http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM784129-7823-CARRO+ALEGORICO+VIRA+CASO+DE+JUSTICA,00.html